segunda-feira, 15 de março de 2010

Sacrificios? O caraças!

No final de Novembro, José Penedos, indiciado pela prática de um crime de corrupção passiva , foi suspenso da presidência da REN e sujeito a caução de 40 mil euros pelo juiz de instrução do processo Face Oculta. Mas Penedos vai ser premiado pelo desempenho em 2009, quando liderava a empresa, por proposta da pública Parpública, foi aprovada em assembleia-geral que passou com 40% de votos contra dos accionistas privados. Económico Isto é foi aprovada com 60% de votos governamentais.
Interessante é cruzar a noticia com o facto de João Plácido Pires, presidente do conselho de administração da Parpública cessar funções executivas nesta empresa para assumir funções executivas na Redes Energéticas Nacionais (REN) de Penedos. jornal de negocios Aqui ou aqui, entre muitos outros, podemos perceber porque é que a Parpública fez a proposta.
Vale a pena ler a reportagem do Sol e depois meditar porque é que, com estes exemplos, eu é que tenho que pagar a crise?

Sem comentários: