sábado, 6 de março de 2010

gestores públicos sem prémios...

A oposição parlamentar aprovou o fim dos prémios dos gestores públicos durante este ano. Paulo Portas considerou a aprovação de uma proposta da sua bancada para proibir a atribuição de prémios aos gestores públicos em 2010 vai permitir ao Estado dar “um exemplo de contenção”. “É uma medida que dá um exemplo do espírito de contenção”, afirmou. A proposta foi considerada “cega e com poucos efeitos práticos” pelos socialistas. expresso
Realmente só tem um efeito prático: moralizar a retribuição salarial. O que, convenhamos, já é muito. Porque raio é que alguém contratado para um determinado trabalho tem que receber salário e bonús?
Será que os actuais gestores são tão burros que precisem de cenouras? E, já agora, porquê acabar com os prémios só em 2010?

1 comentário:

Gaivota Maria disse...

Será que eles não vão realmente receber os prémios? Non lo creo