quinta-feira, 18 de março de 2010

mais um ?

O socialista que coordena a estrutura de missão das Lojas do Cidadão de segunda geração corre o risco de ser multado por ter, no entendimento do Tribunal de Contas, beneficiado o grupo Lena em 2007, numa empreitada destinada a terminar o quartel da GNR de Castelo Branco. Ex-vice-presidente da Câmara de Aveiro, Elísio Feio foi nomeado em 2008 pelo primeiro-ministro para as Lojas do Cidadão por causa da sua “idoneidade, experiência e competência” no “desempenho de altas funções”. PUBLICO.PT mas se porventura for multado irá pagar pouco mais de 1400 euros... uma treta!

Sem comentários: