terça-feira, 10 de julho de 2012

a próxima vítima...

Do mesmo modo que as manifs em S. Bento deixaram de ser noticia e se passou à “vaia ao Presidente”, inicialmente tentada com os chavalos da António Arroio e largada por não ter tido o efeito mediático pretendido (os “tugas” não gostaram!), se seguiram as vuvuzeladas ao ministro da economia (pela mesma razão já abandonadas) e os apupos ao ministro Relvas que, por mais algum tempo, irão continuar. A tudo isto acresce o efeito de propagação, em harmónio, bem conhecido dos técnicos de desinformação.
É sabido que os “casos” que dão as “boas” notícias não duram sempre e as de Miguel Relvas, que se seguiram às do ministro Álvaro, de tão espremidas que foram estão a ficar sem sumo.
A notícia da “viagem” da ministra Cristas e acompanhantes é a preparação para uma nova “vítima” que ficará em stand by até se esgotar a actual embora. Parece que “ninguém” dos jornais se apercebeu das outras “viagens” e dos respectivos “acompanhantes” que mundo fora até chegaram à China…
Convenhamos que insinuação do "leva vinte para o rio" merecia um protesto das nossas mulheres mas, bem sei, as que contam "não tem ouvidos"...
Estamos na silly season que para ficar oficialmente inaugurada só nos falta ouvir os “estagiários” dos média começarem a proclamar a palavra-chave: POLÉMICA… 

Sem comentários: