quinta-feira, 12 de julho de 2012

a poupança a que a "crise" nos obriga...

A poupança das famílias atingiu os 117% do Produto Interno Bruto (PIB) em Junho, que é o valor mais elevado pelo menos desde 2000.
De acordo com a Associação Portuguesa de Fundos de Investimento, Pensões e Patrimónios, o indicador da poupança subiu de 115,2% para 117% do PIB, entre Maio e Junho, mantendo a tendência observada nos últimos meses de continuação do aumento da poupança das famílias em percentagem do PIB. rr 

Os aumentos de poupança,históricamente, dão-se em tempos de “maior aperto” e de diminuição de apoios sociais. É o caso! Nada de novo!
Não é preciso ser-se economista para o saber, basta ter estudado história.

Sem comentários: