domingo, 28 de fevereiro de 2010

ainda maior redução das despesas ?

"A Grécia deve reduzir ainda mais as suas despesas e os contribuintes europeus não devem pagar as más gestões dos anteriores governos do país". Esta afirmação surge a antecipar a deslocação á Grécia do comissário europeu para a Economia que irá examinar o plano grego para controlar a crise orçamental e discutir o futuro daquele país. O Comissário Olli Rehn, acompanhado de vários periotos, avaliará se as medidas do governo grego serão suficientes para alcançar o objectivo de estabilizar este ano o seu défice público em 8,7 por cento do PIB.
Um nome e uma notícia a seguir com atenção, porque a receita europeia será igual para Portugal, onde só os cretinos, acreditam e nos querem fazem acreditar "que nós não somos como a Grécia"...

1 comentário:

(c) maioria silenciosa: P.A.S. disse...

E como eles vestem Armani!