quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

e assim se volta ao inicio...

"Na noite de uma quinta para sexta-feira o senhor primeiro-ministro telefonou-me e pediu-me por tudo para não publicar uma notícia sobre a sua licenciatura", contou o director do Expresso, acrescentando que estiveram "mais de uma hora ao telefone", e que o questionou várias vezes "se queria fazer algum desmentido ou correcção".
Mas não, o primeiro-ministro pedia apenas, e reiteradamente, para que o texto não "fosse publicado".
"Antes disso", contou ainda Henrique Monteiro, "já várias pessoas, políticos e não políticos me tinham manifestado incomodidade ou estranheza por notícias que tinham saído, mas por notícias que ainda não tinham saído foi a primeira vez". Henrique Monteiro na Comissão de Ética
ao que parece o "face oculta" secou... volta-se ao "diploma"?

1 comentário:

Gaivota Maria disse...

Pura manobra de diversão...