sábado, 27 de fevereiro de 2010

lições...que Africa nos dá

O Tribunal de Maputo condenou hoje António Munguambe, ex-ministro dos Transportes e Comunicações, e Diodino Cambaza, ex-presidente da empresa aeroportuária moçambicana, a 20 e 22 anos de prisão por desvio de bens públicos. «É grave o seu envolvimento» pois «jogou baixo, usou da posição que exercia como membro do Governo para tirar o dinheiro dos pobres deste país», disse o juiz Dimas Marroa durante a leitura da sentença, excepcionalmente transmitida em directo nas rádios e televisões. mais»»

O tempo decorrido em investigação, acusação e sentença envergonha-nos. Ver aqui e aqui

1 comentário:

Gaivota Maria disse...

... e assim os filhos ensinam os pais...