quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

"o polvo" será o titulo. Desobediencia civil ?

O semanário 'Sol' recebeu uma providência cautelar, cujo autor é Rui Pedro Soares, o administrador executivo da Portugal Telecom, para tentar impedir que o jornal publicasse mais escutas obtidas no âmbito do processo 'Face Oculta'. Contudo aquele semanário informou que continuará a abordar o alegado plano do Governo para controlar vários órgãos de comunicação social hostis. Comunicado da Direcção do Sol: O semanário SOL estará amanhã nas bancas como habitualmente, incluindo novas revelações sobre as escutas no processo ‘Face Oculta’. Essas escutas provam manobras para controlar outros órgãos de comunicação social, além da TVI, e condicionar jornalistas. A Direcção do jornal tomou conhecimento através da comunicação social de uma providência cautelar interposta por uma figura citada nas notícias, não tendo sido notificado, porém, nenhum membro da administração da empresa ou da direcção do jornal. A Administração e a Direcção do SOL agradecem as múltiplas mensagens de apoio recebidas ao longo do dia de hoje e o interesse manifestado por jornalistas e meios de comunicação. A Direcção do SOL José António Saraiva José António Lima Mário Ramires Vítor Rainho Sol Parece ser um caso de “desobediência civil”... o primeiro, mas não o último. Grave será quando a desobediência saltar dos jornais para a rua. Já faltou mais.

Sem comentários: