terça-feira, 1 de março de 2011

A resposta do PPD/PSD foi dada à Terça-Feira

Miguel Relvas, o secretário-geral do PSD, afirmou em conferência de imprensa na sede do partido, no final de uma reunião da comissão política de Passos Coelho que «admitir agora a necessidade de medidas de austeridade adicionais constitui, ao mesmo tempo, uma prova do desleixo do Governo e da sua falta de rigor». E, porque era Terça-Feira, foi tudo! As outras oposições não precisaram de comissão politica para definir as suas oposições aos "ditos" do Pinto de Sousa. Responderam de imediato! Claro que todos sabemos que das oposições, apenas a da comissão politica poderá vir a ser governo com o apoio dos tugas da fátima, do futebol e do fado que os anestesia! Vai ter que nos servir. É pena!
Alberto João Jardim, que não precisa de comissão politica, afirma que "uma moção de censura já devia ter sido apresentada e, daí, a sua discordância com a Direcção Nacional". Isto é, com ele, "este Governo já não estava lá há alguns meses, mas isto é à maneira portuguesa, de ir adiando as coisas, o país há já alguns meses está num estado que não pode andar, com remendos...". mas não é com ele!

Sem comentários: