sexta-feira, 11 de março de 2011

o apoio financeiro a Portugal será negociado durante o fim-de-semana?

Os juros das obrigações portuguesas continuam a subir num dia em que há cimeira europeia e apesar de o ministro das Finanças ter anunciado medidas adicionais de austeridade. O juro de 8% no prazo a cinco anos é o mais elevado de sempre desde que Portugal aderiu ao euro e sinaliza a expectativa dos investidores de que o País terá que recorrer a ajuda externa para se financiar. Na maturidade de 10 anos, os juros sobem 10 pontos base para 7,6%, num quinto dia consecutivo de subida dos juros. O analista de obrigações do WestLB, Michael Leiter, disse à Bloomberg que os comentários de Teixeira dos Santos durante a apresentação das medidas de austeridade “podem indicar que o apoio financeiro a Portugal será negociado durante o fim-de-semana”. “As taxas de juro demonstram que o mercado está preocupado e à espera de alguma coisa”, acrescentou Leiter.
estejam atentos se Teixeira dos Santos ficar em Bruxelas não vai ser para descansar...

Sem comentários: