domingo, 6 de março de 2011

pelo menos devolvam a "massa"...

Chamava-se Grupo de Trabalho para o Património Imaterial tinha por objectivo um levantamento em «campo», «sistemático» e «tendencialmente exaustivo» do património cultural imaterial português. Custou ao Estado cerca de 209 mil euros. "Custou ao Estado" ? Por onde é que estes pmj's andaram que nunca ninguém lhes disse que ao "estado" nada custa. O estado é apenas o distribuidor do dinheiro que nos saca em impostos! Por isso é altura do estado reaver o nosso dinheiro que entregou àqueles senhores! Ou será que o estado tem medo que aqueles senhores divulguem alguma coisa do estado...a que isto chegou.

Sem comentários: