quarta-feira, 2 de março de 2011

PM nega subserviência...

A chanceler alemã, numa conferência de imprensa a seguir a uma reunião com Pinto de Sousa, garantiu que nunca falou sobre a necessidade de Portugal pedir apoio financeiro internacional, Hoje em Berlim, ao lado de Angela Merkel, o ainda primeiro-ministro, disse que «Portugal tem oito séculos de história e não é subserviente com ninguém, a não ser com o seu povo» e patrioticamente salientou o resultado «histórico» das contas públicas em Janeiro e Fevereiro, e garantiu que Portugal «tem condições para resolver os seus problemas sozinho. Ora bem, os nossos pmj noticiam-nos que a Alemanha e Portugal vão cooperar estreitamente para que o Conselho Europeu de 24 e 25 de Março reforce a estabilidade do euro e reforme o Pacto de Estabilidade. Apesar destas boas noticia que os pequenos, médios e micro jornalistas (pmj) nos dão o BE e o PCP consideraram hoje que o encontro do primeiro-ministro e da chanceler alemã representou um «acto de vassalagem» de Pinto de Sousa à alemã oriental Angela Merkel. O PSD pela boca do seu “lider” paralamentar, Miguel Macedo, afirmou que os social-democratas esperam pelo próximo Conselho Europeu para perceber que eventuais cedências possam ter sido feitas por Portugal no encontro entre Sousa e Merkel. O CDS-PP, dos populares do PPE (Partido Popular Europeu), até agora, ao assunto, disse nada! Porventura estarão a programar o Carnaval... Até parece que, por ser carnaval, esta gente anda a gozar com a gente...
e até se esquecem que os germões fazem o Karneval no Inverno... nunca na quase Primavera!

Sem comentários: