quinta-feira, 15 de julho de 2010

Nunca a economia portuguesa precisou tanto de vocês

"Nunca a economia portuguesa precisou tanto de vocês como agora"… Não. Não foi Paulo Portas que largou esta “admirável” frase. De resto quando o líder do CDS/PP o dizia, Pinto de Sousa, admirável e verdadeiro politico, viria a público, cercado de tv’s e pmj's, garantir que não, isso não era verdade, porque o que precisávamos era de grandes obras e empresas. Lenta e propagandisticamente, o nosso blair, clamou-a perante um enorme grupo de empresários ao mesmo tempo que revelava que "tentámos simplificar o QREN para tudo quanto foi possível, e tanto quanto permitem as regras comunitárias, que em termos de burocracia pedem meças a todos os países". Esse QREN de milhões que andámos a desperdiçar... Isto é, o nosso ainda primeiro, vem agora repetir aquilo que Portas andou a dizer nestes últimos anos e que era insofismável para a maioria dos poucos portugueses pensante.
Claro que o país precisa dos empresários, dos pequenos e médios, que foram abafados durante estes tempos a que este governo nos levou ao apoiar apenas grandes companhias e empresários de revista cor-de-rosa. Pergunto-me se não será altura dos apelidados "pequenos partidos" registarem comercialmente as suas ideias e cobrarem royalties aos De Sousa’s que primeiro as negam e depois os repetem.

Sem comentários: