quinta-feira, 1 de julho de 2010

e nós por cá...

A nova primeira-ministra finlandesa, Mari Kiviniemi, congratulou-se com a votação que permitirá ao governo aumentar a produção de energia nuclear do país: «É uma das decisões mais importantes do meu governo porque vai verdadeiramente melhorar a competitividade da Finlândia, criar novos empregos e assim aumentar o crescimento» económico, declarou. A Finlândia já possui quatro reactores nucleares construídos nos anos 1970. Um reactor EPR de nova geração está a ser construído no sudoeste do país pelas empresas francesa Areva e alemã Siemens. Sol e nós por cá continuamos a poluir a paisagem com palitos de aluminio...

Sem comentários: