sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

uma questão de ÉTICA!

Transcrevo do excelente Blogue que é o 31 da Armada:
" A difícil condição de jornalista II Ontem à tarde escrevi um post onde referi um episódio que envolveu os jornalistas e o Primeiro-ministro. O caso reportava-se à imposição de condições por parte de José Sócrates para falar à imprensa. Erradamente escrevi que os jornalistas aceitaram as condições impostas. Não é verdade. Nem todos aceitaram: a TVI recusou-se. Deixo aqui um comentário da jornalista da TVI, Paula Costa Simões, repondo a verdade: Gostava apenas de lhe dizer que a TVI não aceitou a condição prévia do Primeiro-Ministro para fazer um directo para o Jornal da Uma, sábado passado, em Peniche - não haver perguntas sobre o caso Freeport. Razão pela qual não foi feito esse directo, apesar de lá estarem os meios. A decisão foi tomada, e bem, pela direcção da TVI. Era eu que lá estava a fazer a cobertura para a TVI. " É forçoso dar os parabéns ao 31 da Armada; á TVI que conseguiu “criar” jornalistas que honram a profissão e á JORNALISTA PAULA COSTA SIMÕES que sabe o que é ética profissional. Bem Hajam pela esperança que nos dão e nos fazem, ainda, acreditar.

1 comentário:

Gaivota Maria disse...

É bom saber que ainda há gente corajosa na comunicação social e não apenas capachos.