quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

Juiz de Aveiro reCUa nos esclarecimentos

Depois dos "zigue-zagues" do Procurador-geral da República e do Presidente do Supremo Tribunal de Justiça, chegou a vez de o juiz de instrução do processo "Face Oculta", António Gomes, envolver-se em declarações contraditórias.
No passado fim de semana, o magistrado manifestou publicamente vontade de esclarecer a questão das escutas entre Armando Vara e José Sócrates.
Hoje, numa declaração enviada aos jornais, invoca o segredo de justiça para não prestar qualquer esclarecimento. mais no DN No "tempo da outra senhora" dizia-se que "quem tinha cú, tinha medo" mas hoje sabemos que isso é politicamente incorrecto.

Sem comentários: