quinta-feira, 4 de novembro de 2010

a anedota do dia

O secretário de Estado da Saúde, Óscar Gaspar, confirmou hoje que o buraco nas contas de 2010 do Serviço Nacional de Saúde ultrapassa os 500 milhões de euros, mas escusou-se a avançar quais os números das outras dívidas que não entram nestas contas, como as dívidas a fornecedores e que nas contas da oposição ultrapassam já os 1500 milhões... «A redução da transferência para o SNS de 6,4 por cento, proposta no Orçamento do Estado para 2011, em relação à dotação inicialmente prevista no Orçamento de Estado para 2010 (...), não coloca em causa nem a quantidade nem a qualidade dos cuidados a prestar», afirmou Ana Jorge. tsf Contudo, o Ministério da Saúde estima que, em 2011, o SNS termine as suas contas com um lucro de 31,9 milhões.
Não se riam que isto é um assunto sério... Paulo Portas diria que "o buraco" fica entre um e três submarinos e que para haver lucro no próximo ano terá que vender "uns torpedozitos".

Sem comentários: