terça-feira, 2 de abril de 2013

juros a acrescentar à divida... subir!




O Psi20 fechou a cair 0,52% para 5.791,98 pontos com os investidores mais apreensivos em torno da esperada decisão do Tribunal Constitucional.
Na sequencia da instabilidade politica, moção de censura e acórdão do TC, os juros da dívida soberana portuguesa a dois anos seguem inalterados enquanto a 10 anos seguiam a negociar no mercado secundário nos 6,413%, acima dos 6,368% de quinta-feira e a cinco anos, os juros seguiam nos 5,117%, contra os 5,097% da última sessão em que os juros.
De acordo com a Unidade Técnica de Apoio Orçamental à AR, o novo défice orçamental acordado com a Troika para este ano, que passa de 4,5% do Produto Interno Bruto para 5,5%, vai custar mais 1.500 milhões de euros.
No mês de Março os fundos de pensões nacionais obtiveram uma rendibilidade mediana estimada de 0,8%.
O período de candidaturas ao plano de rescisões na RTP foi adiado até 12 de Abril.
Os dados Eurostat afirmam que a taxa de desemprego em Portugal, em Fevereiro, permaneceu estável nos 17,5%
O Grupo Altran pretende recrutar ao longo deste ano de 2013 mais de 4000 engenheiros em todo o mundo.
A taxa de desemprego na zona euro em Fevereiro atingiu os 12% em Fevereiro, o valor mais elevado desde pelo menos de 1995.
O défice público de França baixou de 5,3% para 4,8% do Produto Interno Bruto (PIB), ficando aquém do objectivo de 4,5% estabelecido pelo governo e acordado com os parceiros europeus.
A Holanda fechou 2012 com um défice de 4,1% do Produto Interno Bruto
(o défice orçamental de Portugal foi de 6,4% do PIB no mesmo periodo)
A dívida pública francesa continuou a aumentar até ao final de 2012, com um novo recorde de 90,2% do PIB, superior aos 89,9% previstos pelo governo.
A dívida pública Holandesa fixou-se em 71,2% do PIB no ano que passou.
O Governo cipriota concluiu hoje as negociações com a Comissão Europeia, Banco Central Europeu e Fundo Monetário Internacional sobre as condições que acompanham o resgate financeiro de 10 mil milhões de euros: um prazo de amortização de 22 anos e uma taxa de juro de 2,5%.
Em Espanha a taxa de poupança das famílias e instituições não-lucrativas caiu 2,8 pontos em 2012, o valor mais baixo desde 2000.

Sem comentários: