sexta-feira, 11 de maio de 2012

a ver o cisco no olho alheio...

O banco norte-americano Lehman Brothers, que colapsou em 2008 começou a reembolsar os credores em Abril, cerca de três anos e meio depois de ter sucumbido à crise do crédito à habitação de alto risco e precipitado a crise financeira mundial.
O banco não retomará a actividade. Trata-se de uma nova etapa do seu desmantelamento, que abre caminho à distribuição de cerca de 65 mil milhões de dólares (cerca de 49 mil milhões de euros). publico

O JP Morgan Chase, o maior banco norte-americano em termos de activos, anunciou na quinta-feira que vai provavelmente registar pesadas perdas jurídicas e de mercado no segundo trimestre de 2012 quando no mês passado havia publicado resultados para o primeiro trimestre que foram claramente superiores às expectativas, apesar de os lucros de 5.380 milhões de dólares terem caído 3%.
Jamie Dimon, presidente do banco, afirma que "Vamos gerir isso ao máximo", mas "poderá custar-nos até 1.000 milhões de dólares ou mais" e "o risco vai permanecer durante vários trimestres". jornal de negocios

«Na Europa, não os temos visto [aos líderes] a lidar com o sistema financeiro e com a banca de forma tão eficaz como seria necessário».
É a segunda crítica esta semana. O Presidente dos EUA considera que a Europa não está a fazer o «suficiente» para resolver a crise da dívida. tvi24

a ver o cisco no olho alheio sem perceber a estaca no seu próprio olho.

Sem comentários: