terça-feira, 21 de dezembro de 2010

"centrão" contra o abono de família

CDS-PP, Bloco de Esquerda e PCP tentam travar os cortes no abono de família decididos pelo Governo, com o Parlamento a apreciar, a pedido dos três partidos, o decreto-lei que os instituiu. O diploma, integrado nas medidas do Orçamento do Estado para 2011, acabou com o quarto e quinto escalões do abono de família, o que significa que quem ganha mais de 628 euros deixou de receber em Novembro. mas PS e PSD vão deixar tudo como está, alegando a necessidade de consolidar as contas públicas...
tretas!

Sem comentários: