segunda-feira, 5 de abril de 2010

Indústria da Greve na Recolha do lixo, cemitérios e canis...

A actualização do suplemento de insalubridade, penosidade e risco, que não é actualizado desde há oito anos, altura em que Santana Lopes era presidente da câmara, é a principal motivação da greve convocada pelo Sindicato dos Trabalhadores da Administração Local e pelo Sindicato dos Trabalhadores do Município de Lisboa.
O suplemento destina-se aos cerca de três mil trabalhadores que diariamente se encarregam da limpeza urbana, coveiros e canileiros, além de calceteiros, cantoneiros, operários das oficinas e motoristas de serviços especiais, entre outros. PUBLICO.PT
Quando é que aqueles que ganham num mês aquilo que outros recebem por dia criam um sindicato ?

Sem comentários: