quarta-feira, 7 de novembro de 2012

Juros a acrescentar ao empréstimo...


O Psi20 fechou a perder 1,26%, para os 5305.17 pontos.
Os custos unitários do trabalho em Portugal vão baixar todos os anos entre 2010 e 2014.
Segundo as previsões económicas da Comissão Europeia os salários reais dos portugueses vão voltar a aumentar 0,6% em 2013, depois de uma queda de 5,1% este ano.
O número de novos funcionários públicos reformados cai 7,6% em 2012 para 18.534 pessoas.
As remunerações na Função Pública serão este ano inferiores a 10% do PIB pela primeira vez desde 1987.
O Governo aceita exclusão do PS e assumirá responsabilidade de cortar 4 mil milhões.
Os activos dos bancos portugueses são três vezes superiores ao PIB, avança um estudo europeu.
A Comissão Europeia prevê que a economia portuguesa volte a encolher 1% em 2013, mas comece a recuperar a partir do segundo trimestre, e que o desemprego atinja uma taxa recorde de 16,4% no próximo ano.
As medidas de apoio à contratação a desempregados com mais de 45 anos e a criação de estágios para casais desempregados com filhos deverão entrar em vigor em Janeiro.
A venda da área da Saúde da Caixa Geral de Depósitos ao grupo brasileiro Amil está quase concluída.
A proposta do Governo para a reformulação do QREN, aceite pelas instituições europeias, aprovou 1.301 projectos de investimento na última semana, no valor conjunto de 542 milhões de euros. O QREN irá afectar daquela verba cerca de 3.700 milhões de euros para o sector nacional da construção e do imobiliário.
Os encargos líquidos com PPP rodoviárias em 2013 vão reduzir-se em 44% face ao inicialmente previsto.
O presidente do Banco Central Europeu avisou hoje que os efeitos da crise da dívida da Zona Euro "chegaram à economia alemã".
Os mercados norte-americanos estão hoje a negociar em baixa, depois da reeleição do candidato democrata.

Sem comentários: