sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Lisboa mete água, a culpa é da maré...

Uma chuva forte e repentina deixou Lisboa num caos. A Baixa ficou inundada e várias zonas ficaram sem electricidade. Santa Marta, Entrecampos, Alameda foram afectadas. O "novo" Terreiro do Paço encheu e na estação de metro do Rossio a água atingiu a centena de centímetros e tiveram que ser encerrados. O mesmo sucedeu nas ruas entre o Teatro D. Maria e as Portas de Santo Antão onde a águas subiram aos primeiros pisos. Mais uma vez a culpa não foi da Câmara socialista que não limpa sarjetas, alcatroa os passeios de calçada portuguesa e quis transformou o velho Terreiro do Paço, onde jaz inundado o inútil túnel do metro do Cravinho, em Praça do Comercio e esqueceu Sete-Rios do ano passado. Mais uma vez a culpa foi da chuva, forte e repentina, e de uma maré reaccionária que veio prenha visita-la...

1 comentário:

Gaivota Maria disse...

resumindo quando chove o Costa mete água