quarta-feira, 13 de abril de 2011

o novo interesse nacional

À medida que a situação critica das finanças nacionais, acompanhadas pela economia, cada vez mais comentadeiros estão a apelar ao entendimento de políticos, partidos e cidadãos a bem do interesse nacional.
Desde o inicio da crise mundial e nacional, nos idos 2008 e 2009, que muitos de nós apelámos à consciência daqueles que faziam o favor de nos ler no sentido de atenderem ao que nos poderia acontecer.
Estávamos a gastar o que não tínhamos. O governo estava a comportar-se como aqueles que vão pedindo empréstimos para pagar empréstimos.
Na maioria dos casos, e os comentários que colocavam nos nossos posts disso são exemplo, éramos considerados membros activos da “campanha negra” contra o magnífico governo que acabaram por reeleger.
Estranhamente, ou talvez não, os nossos acusadores são agora os defensores do consenso para o interesse nacional.

Penso que agora estaremos todos de acordo. Mas há responsáveis que, no mínimo, terão que ser criminalmente responsabilizados pela situação que nos criaram.
Por isso, caro leitor, comece a olhar à sua volta, procure quem nos levou a esta situação e comece a apontá-los e a anotá-los…

2 comentários:

Anónimo disse...

Aos de boa memória será de pedir a lista dos últimos 35 anos...

C.R

Gaivota Maria disse...

E aponte já o ex-PM e o Teixeira de Santos que há duas semanas diziam que não era preciso ajuda de fora e ontem, logo com a chegada do FMI declarou que não havia dinheiro para Junho.
jÁ DEVERIAM ESTAR OS DOIS EM PINHEIRO DA CRUZ