sexta-feira, 22 de abril de 2011

as pessoas simples até estão dispostas a sacrifícios

"As pessoas simples até estão dispostas a sacrifícios se perceberem que são para todos e são aplicados de maneira justa", afirmou o economista Bagão Félix, em Vila de Rei, no encerramento de um Ciclo de acções de Formação sobre as Implicações do Orçamento do Estado nas autarquias.
Uma formação que também deveria ser feita para o povão que ainda não percebeu os efeitos que as medidas de austeridade vão ter na nossa vida próxima.

O antigo Ministro das Finanças, um Democrata-Cristão independente, que em tempos considerou necessária a presença do Partido Comunista num Governo de Unidade Nacional aproveitou para afirmar que concentrar a revisão das leis laborais na liberalização dos despedimentos é "errado e injusto" para os trabalhadores tanto mais que são inadequadas algumas das propostas que estão a ser negociadas por Portugal para garantir um resgate financeiro, quando a extinção dos governos civis, de institutos, fundações e a redução do número de deputados seriam algumas das medidas que ajudariam a diminuir a despesa, mas também a dar o exemplo de que o Estado assume a austeridade no seu funcionamento interno.

Como é óbvio a pequena, média e micro informação que temos, pouco relevo deu à acção e menos ainda às propostas deste Conselheiro de Estado.
Os nossos pmj precisam de polémica para vender imagem e papel, isto é, de futebol, fado e Fátima ou, melhor, de sair do “estado novo” donde parece que nunca se desfiliaram …
O concelho de Vila de Rei está de parabéns.
O resto do país vai continuar na escuridão que os pseudo comentadores lhe fornecem...

Sem comentários: