sexta-feira, 8 de abril de 2011

Almeida Santos e o "ódio a Sócrates"

O presidente do PS (20% nas eleições de 1985) adverte a oposição que bloqueará o país se rejeitar entender-se com o primeiro-ministro demissionário após as eleições, dizendo que isso significará colocar o ódio a José Sócrates acima do interesse nacional. i online

O venerando António Almeida Santos está enganado! Ninguém odeia Pinto de Sousa, o que não conseguimos suportar são os imbecis úteis que o rodeiam.

Acabo de ver a veneranda figura de Antonio de Almeida Santos (85) a ler, com dificuldade, um “discurso” que alguém lhe escreveu (quem conheceu e leu este velho socialista sabe porque o refiro!).
Almeida Santos não merecia que o obrigassem a tanto.
Talvez por isso algures tenha lido, e dito, “não percebi, mas o defeito deve ser meu!”. Infelizmente acertou! Não o merecia!

Sem comentários: