sábado, 19 de dezembro de 2009

O trabalho liberta

O museu de Auschwitz ofereceu o equivalente a 25 mil euros a quem encontrar a célebre inscrição “Arbeit macht frei” (O trabalho liberta), roubada na última madrugada do portão do antigo campo de extermínio, onde foram assassinadas mais de um milhão de pessoas. mais»»
cá no burgo, mesmo nas situações mais inusitadas, temos a mania de "fazer humor", por isso atrevo-me a dizer:
"esta legenda nunca seria roubada por portugueses..., bolas, ainda ficavam sem o RIS"

Sem comentários: