terça-feira, 20 de setembro de 2011

habituem-se...

O presidente do PSD anunciou, via RTP, que não vai participar na campanha do candidato social-democrata João Jardim às eleições regionais da Madeira de 9 de Outubro.

Passos Coelho considerou que "nas actuais condições, em que foi conhecida pelo país uma situação que é grave e que é irregular, que tem custos de reputação para Portugal, não seria compreensível que o primeiro-ministro fizesse qualquer confusão de carácter partidário e se envolvesse na campanha eleitoral da Madeira" e acrescentou que "o Governo de Portugal tem de assegurar, em primeiro lugar, que todo o trabalho que vai ser feito e completado de avaliação da real situação da Madeira não será objecto de olhares partidários, mas de olhares de Estado".

Claro que a "grosseira asneira contabilística madeirense" foi obra colectiva do governo regional do partido a que Coelho preside, por tal a falta de solidariedade com os militantes e dirigentes que o votaram presidente é lamentavelmente notória...
Também, tal como o seu antecessor, Coelho, está a confundir governo com partido e, por este caminho, irá confundi-lo com País.
Habituem-se... isto é solidariedade social-democrata!  

Sem comentários: