sábado, 10 de setembro de 2011

do “querido lider” ao “lider possivel”

A moção de José Sócrates  foi aprovada com 97,2 por cento dos delegados ao XVII Congresso Nacional. A apenas dois militantes votaram contra o secretário-geral do PS,. dn 

A moção de António José Seguro foi aprovada por 75% dos delegados ao XVIII Congresso Nacional. Num total de 1129 votantes, apenas 855 votaram favoravelmente a moção de estratégia do novo secretário-geral socialista. i online 

«No PS não há rivais. Conhece algum líder democrático que não tenha críticas e que não saiba conviver com as críticas? É que se não conhecesse tem aqui um na sua frente», disse Seguro aos jornalistas depois de conhecidos os resultados das votações. tsf

1 comentário:

jagga nathan кешин disse...

Do líder sem falhas ao líder xéxé

Da Democracia para a Ditadura...ou vai um lapsus linguae ou Al Egre é o Novo Só Ares

mas cada um repara nas percentagens de erros que quer