segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

sem contratos formais


Há quatro anos o Governo concordou em financiar a entrada da Oceanational Motor, de Tiago Monteiro e José Guedes, nos campeonatos da segunda divisão da F1 como forma de promoção do circuito de Portimão que seria inaugurado em Novembro de 2008.
O processo foi feito nos bastidores, sem contratos formais, para um financiamento de dois milhões de euros anuais.
 
A “ajuda” seria canalizada, por via indirecta, através da Parkalgar, a empresa privada detentora do Autódromo Internacional do Algarve que lhes pagaria os perto de seis milhões de euros.

Sem comentários: