quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

(quase) todos como Pilatos…


Era uma vez um especialista que, politicamente correcto, andou por ai a repetir-nos o que toda a “opinião publicada” nos tem transmitido até à exaustão!
Antes, pouco a pouco, já as injecções crisísticas foram produzindo o seu efeito e os menos preparados foram acreditando que “se todos dizem o mesmo, deve ser verdade!”.
Seguiu-se “a bronca” e quase todos começaram a lavar as mãos como o Pilatos. 
 
É altura de começar a pensar se o que verberava o agora “burlão” em nada era diferente daquilo que os outros, não burlões, anteriormente nos diziam como é que a estes devemos alcunhar? 
 
PS: agora, quando ligo às tv’s ou olho os títulos dos jornais “de referência” rapidamente “zappo-me” ou não os leio…

Sem comentários: