segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

não quer ou falta-lhe garra ?

Se há pessoas do meu partido que insistem em cenários de crise política é porque estão a falar demais”, afirmou o candidato a nosso primeiro. “Se um dia for preciso ultrapassar uma situação grave no país nós estaremos cá para enfrentar esse problema. Daqui até lá é tempo de o Governo governar, não é tempo de andarmos a falar de crise política”, sublinhou Pedro Passos Coelho, reforçando a ideia de que o PSD tem sido “uma âncora de estabilidade” e continuará nesse papel. ...depois "disto" é melhor que continue como "candidato" ou teremos em São Bento "mais do mesmo" em versão pussy cat...
Estamos lixados! Cada vez mais me convenço que este PPC não quer, ou não tem coragem, para assumir as responsabilidades de governo!
Venha outra(o) !

Sem comentários: