quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Vá para o raio que o parta.!

O presidente do PS considerou hoje que o esforço pedido hoje pelo Executivo com novas medidas de austeridade “não são sacrifícios incomportáveis” e que “o povo tem que sofrer as crises como o Governo as sofre”. Porra, eu não votei neles, a maioria dos portugueses não votou neles, e temos que “sofrer” como eles?. Vá para o raio que o parta.!

Sem comentários: