segunda-feira, 15 de agosto de 2011

estavam lá poucos para o desmentir!

"O que estamos a fazer vai ficar na nossa história, na história da Europa e na da democracia", garantiu o líder do PSD, na “reentrada” do Pontal, que também afirmou que o Governo "tem cortado despesa todos os dias" desde que iniciou funções.
"Nós estamos a passar pela maior prova que um país em democracia tem memória de ter realizado, cortando quase 10 por cento da sua despesa corrente em apenas um ano", declarou o primeiro-ministro.
"O corte de despesa que foi solicitado a todos os ministros, a toda a administração do Estado, não tem paralelo nos últimos 50 anos", afirmou ainda Passos Coelho naquela “reentrada”.

Há que “animar a malta” e se a comparação com o Portugal de há meio-século está correcta quando aplicada à bolsa dos portugueses, o mesmo não se pode afirmar no que se refere à “administração do Estado” de há 50 anos… mas estavam lá poucos para o desmentir!
E quanto aos 3000 que o aplaudiram, quantos é que estavam à espera de um lugarzito do tipo “Caixa que é Banco”? Mas nos milhares de institutos e similares que o Álvaro detectou haverá lugar para todos.
vale a pena ler o artigo de Ana Sá Lopes: O alienígena do Pontal

Sem comentários: