quarta-feira, 10 de agosto de 2011

chamam-lhes “jovens”




são “hooligans”, “casseurs” ou “gandulos” mas por cá chamam-lhes “jovens”... e os realmente jovens aceitam a comparação!
A polícia inglesa afirma que as redes sociais, nomeadamente o Twitter, tem sido uma das formas de coordenar os motins. Mas há quem, como o jornal "Guardian", tenha outra tese: a polícia devia ter estado antes atenta ao Blackberry Messenger, uma aplicação que funciona apenas em smartphones Blackberry, sendo, por isso, mais "invisível". rr

Sem comentários: