quarta-feira, 4 de agosto de 2010

passados 432 anos ainda não regressou...

'Sperae! Cahi no areal e na hora adversa Que Deus concede aos seus Para o intervallo em que esteja a alma immersa
Em sonhos que são Deus. Que importa o areal e a morte e a desventura Se com Deus me guardei? É O que eu me sonhei que eterno dura, É Esse que regressarei.

1 comentário:

Gaivota Maria disse...

Será que daria jeito que ele aparecesse agora ou seria mais um para confundir? É que Encobertos já temos que cheguem