sexta-feira, 7 de julho de 2017

...e, na AR, foi com “os dentes todos”

Quais foram, exactamente, os gastos que ficaram por fazer no ano passado, por causa das cativações? E em que ministérios? Estas perguntas foram repetidas pelos deputados da Assembleia da República, durante a audição do ministro das Finanças, esta quarta-feira.
No Parlamento, o Centeno remeteu a resposta para a Conta Geral do Estado, mas consultado o documento, não é fácil encontrar as verbas que acabaram por ser cortadas. São mais de 350 paginas de relatório! Apesar disto, por obrigação de oficio, os deputados tinham obrigação de as ter lido e, ao que dão a entender não o fizeram.
.
Como a mentira tem perna curta afinal o Centeno não faz "orçamentos retificativos"  mas faz cativações.
É um truque.
O Centeno faz um orçamento amigo dos serviços, [...] mas a seguir vai cativando, isto é, vai retendo uma parte considerável do dinheiro. E fá-lo à revelia da Assembleia da República.
.
mas

alguns jornalistas (poucos) e muitos comentadores (os das “redes sociais de direita”) foram à Conta Geral do Estado e fizeram contas 

Sem comentários: