segunda-feira, 7 de abril de 2014

e os eleitores húngaros decidiram...

A coligação Conservadores-Democratas Cristãos venceu, com se esperava, as Eleições Legislativas na Hungria e obteve 134 mandatos dos 199 do Parlamento Magiar.
Muito distantes ficaram a coligação socialista (5 partidos liderados pelo ex-partido comunista), a extrema-direita e os “verdes”, com 37, 23 e 5 mandatos, respectivamente.
São de realçar, pela positiva, os mais de 5% que permitiram a entrada dos ecologistas no parlamento húngaro.
Mas o mesmo não se poderá dizer dos quase 21% do “JOBBICK” que mostram que os eleitores húngaros seguem alguma tendência de voto na extrema-direita que começa a sentir-se na Europa.

Fico à espera dos resultados nas Eleições Europeias. A manter-se esta tendencia de votos o Partido Popular Europeu irá superar largamente os Socialistas Europeus, mas a estrema-direita, anti-europeia, poderá conseguir uma posição de peso no Parlamento Europeu.

Sem comentários: