quinta-feira, 24 de abril de 2014

Aquilo que eu não fiz - Tiago Bettencourt


 Eu não quero pagar por aquilo que eu não fiz 
Não me fazem ver que a luta é pelo meu país 
Eu não quero pagar depois de tudo o que dei 
Não me fazem ver que fui eu que errei 
 Talvez do que não sei 
Talvez do que não vi 
 Foi de mão para mão 
Mas não passou por mim 
E perdeu-se a razão 
Todo o bom se feriu foi mesquinha a canção 
Desse amor a fingir 
Não me falem do fim 
Se o caminho é mentir 
Se quiseram entrar 
Não souberam sair 
Não fui eu quem falhou 
Não fui eu quem cegou 
Já não sabem sair 
 Meu sonho é de armas e mar 
Minha força é navegar 
Meu Norte em contraluz.

Sem comentários: