sábado, 21 de abril de 2012

aumenta a despesa, diminui a receita


Segundo a Direcção Geral do Orçamento, a despesa efectiva das administrações públicas cresceu 4,3 por cento relativamente ao primeiro trimestre deste ano e, mais uma vez, "o aumento é justificado pelo Governo por factores excepcionais que não terão continuidade no resto do ano", como a transferência de 348 milhões de euros para a RTP.
Por sua vez, a receita efectiva diminuiu 2,4 por cento, com as receitas fiscais do subsector Estado a reduzirem-se 5,8 por cento e, neste caso, aquela Direcção Geral explica esta quebra pelo facto de "a receita cobrada no primeiro trimestre do ano não reflectir ainda, integralmente, o efeito das medidas contempladas" no orçamento do Estado para 2012.

 

Sem comentários: