quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

e já passaram 34 anos! Como seria Portugal sem "Camarate"?


Conclusão do Discurso de Adelino Amaro da Costa na Assembleia da República em 7 de Janeiro de 1976, quatro anos antes de Camarate:

“…na política económica, na clarividência dos partidos políticos mais responsáveis, na prática do sistema de informação, joga-se o futuro de Portugal.
Comecei por dizer que iniciávamos este ano com perspectivas sombrias. Julgo, porém, que a nossa esperança na democracia, na reconstrução e na reconciliação, tem sérias razões para sobreviver.
Acredito na capacidade do povo português para construir em Portugal a democracia.
Apesar de tudo e contra muitos! “ (in Portal da História)

Sem comentários: