segunda-feira, 11 de junho de 2018

esta srª “gaja” só lá está porque tu lá a colocaste!

a Martins quer ver "reconhecida" a "enorme violência da expansão portuguesa" e quer apenas usar a história para deslegitimar os regimes ocidentais -- e só esses. [.]
Nada disto é novo. Se a memória não me está a trair, lembro-me de a RTP, em 1974, transmitir um esforço artístico progressista em que os personagens repetiam monotonamente “Diogo é cão, Diogo é cão”. [.]
O que verdadeiramente distinguiu os europeus nesta história não foi apenas o uso de escravos na agricultura da América colonial, mas terem sido os primeiros a abolir a escravidão. A Arábia Saudita só a ilegalizou em 1962, o Omã em 1970 e a Mauritânia em 1980. Talvez os portugueses não tivessem feito o mundo melhor, mas também não o fizeram pior. (in “Um dia contra Portugal?” por Rui Ramos)

Sem comentários: