quinta-feira, 29 de junho de 2017

Os boys e as girls não apagam incêndios...

Dois meses antes da estação crítica dos fogos os comandos das operações foram substituídos. Depois queixam-se que as coisas correm muito mal e acenam com inquéritos. Foi o governo que substituiu pessoas com algum tempo nos cargos por gente sem experiência mas da cor.
Autoridade Nacional da Protecção Civil (ANPC) sofreu uma restruturação na estrutura de topo desde que o Governo entrou em funções, com consequências posteriores no terreno, noticia o Público. Todas as alterações aconteceram a dois meses da época de incêndios.

Dos 36 comandantes distritais, 20 já mudaram e 17 cargos ‘foram mexidos’ em Abril, com novas pessoas a entrar e membros já experientes da ANPC a mudarem de posição. (por Luis Moreira no Banda Larga)

Sem comentários: