sexta-feira, 14 de agosto de 2015

A economia da zona euro no segundo trimestre do ano

A economia está a crescer há cinco trimestres consecutivos e aproxima-se dos 1,6% previstos para 2015.
O Produto Interno Bruto cresceu 1,5% no segundo trimestre deste ano comparado com 2014 e mais 0,4% que no trimestre anterior.
(o PS já “falou” e o António Costa nada disse! E a imprensa a que temos direito ocultou que Portugal está a crescer mais que a média europeia e, até, que "querida" Finlândia entrou em recessão técnica!)

Os números hoje divulgados pelo Eurostat só contemplam dados para 22 países (de fora ficam a Dinamarca, Irlanda, Croácia, Luxemburgo, Malta e Eslovénia), mas permitem ver que
a economia alemã continua em crescimento superior, ainda que por pouco, à média da zona euro, ao mesmo ritmo que Portugal, quando a comparação é feita com o primeiro trimestre. Face ao mesmo trimestre do ano anterior, a economia alemã cresceu 1,6%, mais uma décima que Portugal.
Destaque ainda para a economia espanhola, que tem vindo a acelerar consecutivamente e já cresce 1% trimestre a trimestre. Em termos homólogos, a economia espanhola superou já a barreira dos 3%, neste caso com um crescimento de 3,1%.
Em França, a segunda maior economia da zona euro, as notícias são negativas. Depois de ter crescido 0,7% no primeiro trimestre do ano, a economia estagnou. Ainda assim, a economia francesa mantém um crescimento de 1% face ao mesmo trimestre do ano passado.

Noutro campeonato, a Grécia apresenta uma surpresa. Depois de uma contração de 0,2% nos últimos três meses de 2014 e de estagnar nos primeiros três meses deste ano, a economia grega cresceu 0,8%. Quando comparado com o mesmo trimestre de 2014, a economia grega terá crescido 1,4%.” (in Observador )

Sem comentários: